terça-feira, julho 07, 2015

As honras de Panteão ...



A resposta à magna questão de se saber que figuras públicas devem, ou não, ficarem no Panteão Nacional acaba por ser muito parecida com aquela outra questão das condecorações, a que me referi aqui há dias. Afinal, quais são os critérios para a atribuição de condecorações ou para que os restos mortais possam repousar no Panteão?

A discussão não é de agora mas a recente transladação do "Rei Eusébio" para o Panteão veio avivar dúvidas legítimas que "assaltam" muita gente. Então um futebolista ficar entre poetas, escritores e políticos? E porque não? Para mim, o problema não é saber se todos eles podem descansar em paz no mesmo espaço. O que gostaria de conhecer, repito, é quais são os critérios para a concessão de tais honrarias. Sabe-se que "o Panteão Nacional se destina a homenagear e a perpetuar a memória dos cidadãos portugueses que se distinguiram por serviços prestados ao País, no exercício de altos cargos públicos, altos serviços militares, na expansão da cultura portuguesa, na criação literária, científica e artística ...". E eu que sou contra qualquer visão elitista da vida, pergunto: mas afinal, que méritos maiores possam ser atribuídos a Sophia de Mello Breyner Andresen (que eu adoro) que não caibam por inteiro a Eusébio, só por ele ter sido um "Rei" do chuto na bola? É que ambos foram muito grandes nas suas artes.

Mas sejamos realistas, o Panteão começa a ser pequeno para albergar, um dia, pessoas que tanto têm divulgado Portugal por esse mundo. Estou a pensar, por exemplo, em futebolistas como Cristiano Ronaldo ou Figo, em políticos como António Guterres ou Jorge Sampaio ou, ainda, em escritores como Lobo Antunes. E porque o espaço começa a escassear, o melhor é começar a pensar em construir outro Panteão. E, se assim for, é bom que comecem já porque o actual Panteão levou quase 300 anos a ser construído ...

1 Comments:

At sexta-feira, julho 10, 2015 9:47:00 da tarde, Anonymous vexata said...

E ainda por cima todos querem o Silva ao panteão!

 

Enviar um comentário

<< Home